E quando a carne vem com aquela camada generosa de gordura?

Minha conduta é:

– Orientar equipe do estoque para se atentar ao recebimento, analisando se apresenta muita gordura ou fibra. Nem sempre é possível identificar, especialmente quando se trata de carne vermelha ou congelada.

– Orientar os cozinheiros para avisar quando identificarem 

– Evitar ao máximo a gordura das outras preparações, para equilibrar o montante geral do cardápio. Por exemplo, eu explico isso aos cozinheiros e oriento a fazerem determinadas preparações com menos gordura (molhos, arroz, feijão, farofas…). 

– Depois da preparação pronta, se ficar assim visível como as imagens, oriento a deixar a preparação descansar um pouco e retirar os excessos.

– Enviar e-mail para o setor de compras ou fornecedor com imagens da embalagem com rótulo e das partes críticas do produto, e com as informações de data de recebimento e nota fiscal.

E vocês, possuem alguma conduta diferente?

➖⠀
Carolina Andriolli ⠀
Nutricionista – CRN10 2130⠀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s